"Sei que estou apenas no início de um largo caminho de amor..."
(Caio F. Abreu)

30 de janeiro de 2010


Esse silêncio
que eu me impus
Tornou-se pior
Do que qualquer dor...

Teria me sentido melhor
Se tivesse gritado
Todas as minhas mágoas
E frustrações...

Ficou esse nó na garganta
Que me incomoda.
Nossa história terminou
Mas ficaram coisas
Que eu não disse
Coisas que ficaram
Para mim...

Como uma página não virada,
Um poema inacabado
uma carta nunca lida,
um sabor jamais provado...

Um quê de nostalgia,
Ficou um adeus
Ainda a machucar...

(Maria Bonfá)
.
.

Um comentário:

  1. Seu blog é lindo...lindas imagens e belas palavras.

    Estou seguindo.

    beeijos

    ResponderExcluir